Related Posts with Thumbnails

20 de setembro de 2010

A gente pode morrer por causa de excesso de trabalho?

Infelizmente sim. A morte por excesso de trabalho foi primeiramente descrita e reconhecida no Japão, em 1969, sob o nome de Karoshi (karo = excesso de trabalho e shi = morte). Desde então, esse tipo de morte vem sendo registrado de modo crescente em diversos países e inclusive no Brasil. Trata-se de um quadro de morte súbita associada à sobrecarga no trabalho e que se manifesta geralmente com quadros de doenças vasculares cardíacas (infarto) e neurológicas (acidentes vasculares cerebrais, os AVCs). Estudos epidemiológicos internacionais evidenciaram e detalharam esse tipo de associação. O excesso de trabalho pode ser decorrente tanto da extensão quanto da intensidade da jornada de trabalho, e pode gerar sobrecarga física, mental e psíquica. Os casos de morte súbita por excesso de trabalho foram observados em diversas atividades econômicas (construção civil, comércio, indústrias etc) e em várias ocupações/profissões (pedreiros, executivos, trabalhadores rurais e outros). Pode acometer desde trabalhadores jovens até idosos. Felizmente, trata-se de uma situação evitável, uma vez que é possível modificar a organização do trabalho, eliminando assim as diversas formas de sobrecarga e prevenindo seus agravos agudos e crônicos. Os Centros de Referência em Saúde do Trabalhador (Cerest) do SUS estão capacitados para acolher, abordar e orientar os trabalhadores em situação de excesso de trabalho. O trabalho é uma atividade humana essencial devendo ser visto como um promotor de saúde e, não, como gerador de doenças e mortes.

Dr. Tarcísio Márcio Magalhães Pinheiro Sanitarista e médico do trabalho, professor do Departamento de Medicina Preventiva e Social da Faculdade de Medicina da UFMG



fonte:Otempo

2 comentários:

vidarealdasam disse...

Olá !!
Excelente post !
Não sabia que isso era possível, apesar de quase já ter morrido também devido a uma exaustão e estresse excessivos !
Obrigada por compartilhar !
Grande abraço !

Jucifer disse...

olá guri
pois é o equilibrio de tudo
é saber ter limites
todo de forma exagerada nos causa dano

bjim guri