Related Posts with Thumbnails

19 de julho de 2009

Os exageros do fim de semana prejudicam a dieta

Segunda-feira é o dia em que a maioria das pessoas come menos. É, também, no começo da semana que as academias de ginástica ficam lotadas, geralmente por pessoas que sabem que estão abusando das pizzas, churrascos e da comilança do final de semana, buscando, por sentimento de culpa, compensar de formas variadas, mesmo inconscientemente, tais exageros alimentares.

"Na verdade, compensar ou acreditar na compensação alivia apenas a consciência das pessoas", diz a endocrinologista Ellen Simone Paiva, do Citen - Centro Integrado de Terapia Nutricional.
A especialista diz que é um grande engano prometer que "na segunda começo a dieta", assim como imaginar que deve comer menos durante o dia, quando tem um jantar "daqueles" à noite.

Conforme a endocrinologista, não há nada de mal em comer um pouco mais de coisas diferentes e gostosas em um jantar ou uma festa.

"Se esse fato é esporádico, não vai fazer cair por terra nenhum projeto de perda de peso", avalia. Ao contrário, reduzir drasticamente a quantidade de alimentos na véspera desses eventos faz com que a pessoa coma exageradamente na ocasião festiva, muito além da quantidade necessária para se satisfazer.

Além disso, essa associação de jejum prolongado à comilança, aparentemente compensatória, traz mal estar e pode complicar os compromissos dos dias seguintes.

Uma das orientações da médica é de que as pessoas que vão participar de festas sabidamente regadas a muita comida, geralmente servidas bem tarde, façam um lanche antes de sair de casa.

"Dessa forma, na festa, poderão abrir mão dos inúmeros e calóricos salgadinhos servidos como entrada, por exemplo, e se satisfazer apenas com o prato principal e, até, a sobremesa, sem exageros", comenta.

Escapadinhas diárias

Entre os homens, faixa muito mais raramente acometida por esse tipo de transtorno alimentar, as compensações são geralmente as academias, os laxantes e o jejum.

Após festas com ceias servidas bem tarde e muita bebida alcoólica, podemos considerar uma boa alternativa uma dieta leve e a ingestão de muito líquido no dia seguinte.

"Esta atitude não compensa os excessos calóricos, apenas repõe as perdas hídricas causadas pela desidratação relacionada à bebida alcoólica e ao consumo de sal em excesso", orienta a médica.

Ellen Paiva destaca que as maiores e mais arriscadas escapadas das dietas são diárias, despretensiosas e, muitas vezes, despercebidas. Conforme a endocrinologista, são elas que minam a resistência das pessoas e as fazem abandonar o esforço por um peso equilibrado.

São esses "desvios" que devem ser vigiados, pois, muitas vezes, fazem as pessoas ingerir alimentos que nem gostam, mas que causam um estrago na hora da balança.

"Mesmo em dieta, é possível ter uma refeição diferente nos finais de semana, como por exemplo, tomar café numa padaria maravilhosa ou almoçar numa cantina ou jantar em uma pizzaria", afirma a médica, salientando que essas opções não podem ser associadas na mesma semana. Caso contrário, não haveria compensação alguma capaz de livrar qualquer um dos quilinhos a mais acumulados no final do mês.

2 comentários:

Jamille Queiroz disse...

Ótimo post!

Anônimo disse...

Yes if the truth be known, in some moments I can phrase that I jibe consent to with you, but you may be inasmuch as other options.
to the article there is even now a without question as you did in the decrease issue of this demand www.google.com/ie?as_q=motorcityautoauction ?
I noticed the utter you procure not used. Or you use the pitch-dark methods of inspiriting of the resource. I suffer with a week and do necheg